DSpace Repository

Prevalência de ansiedade e depressão em pacientes com espondilite anquilosante no município de Formiga-MG

Show simple item record

dc.contributor.author Faria, Dayane Almeida
dc.contributor.mbanca Cunha, Diequison Rite da
dc.contributor.mbanca Silva, Neiva Maria Rodrigues
dc.contributor.mbanca Barbosa, Daniela Rodrigues de Faria
dc.contributor.orientador Cunha, Diequison Rite da
dc.date.accessioned 2018-03-23T13:54:46Z
dc.date.available 2018-03-23T13:54:46Z
dc.date.defesa 2017-11-13
dc.date.issued 2017
dc.identifier.uri https://repositorioinstitucional.uniformg.edu.br:21074/xmlui/handle/123456789/542
dc.description TCC (Graduação em Biomedicina) - Centro Universitário de Formiga, 2017. pt_BR
dc.description.abstract Espondilite Anquilosante (EA) é uma doença reumática crônica que acomete 0,1 a 0,2% da população, sendo que homens e indivíduos da cor branca com HLA-B27 positivo são os principais acometidos. A EA causa inflamação da coluna vertebral, articulações sacroilíacas e periféricas, podendo ocasionar a fusão total da coluna. Devido aos diversos sintomas a qualidade de vida é reduzida, podendo ocorrer prejuízos psicológicos como a depressão e ansiedade. O estudo tem como objetivo avaliar a prevalência de ansiedade e depressão em pacientes com EA no município de Formiga-MG. Trata-se de um estudo observacional retrospectivo quantitativo transversal com 13 pacientes entre 18 e 60 anos recrutados na Clínica Escola de Saúde do UNIFOR-MG (CLIFOR) e nas Unidades de Atenção Primária à Saúde de Formiga-MG. Foram aplicadas a Escala de Avaliação de Ansiedade de Hamilton (HAM-A), Escala de Avaliação de Depressão de Hamilton (HAM-D), Questionário Socioeconômico-demográfico. Os participantes têm em média 47,73 anos, 54% pertence ao sexo masculino, 69,2% brancos, 61,5% casados, 46,2% possuem ensino fundamental incompleto, 30,8% aposentados e 30,8% afastados de suas atividades laborais, foram diagnosticados em média a 12,71 anos. Ao se avaliar os participantes de acordo com a HAM 61% dos participantes obtiveram escore de ansiedade normal, 31% de ansiedade severa e 8% de ansiedade leve. Ao se aplicar a HAM-D 54% foram classificados como normais, 23% com depressão leve, 15% com depressão moderada e 8% com depressão muito grave. Constatou-se que a grande maioria dos pacientes apresentam um quadro de ansiedade dentro da expectativa habitual e que a maior parte dos pacientes não apresentaram quadro de depressão. O estudo de maneira específica fornece dados sobre a prevalência de ansiedade e depressão em pacientes com EA no município de Formiga-MG possibilitando a realização de novos estudos a fim de adoção de novas metodologias para o tratamento deste grupo, visando uma melhoria da qualidade de vida destes. pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject Ansiedade pt_BR
dc.subject Espondilite anquilosante pt_BR
dc.title Prevalência de ansiedade e depressão em pacientes com espondilite anquilosante no município de Formiga-MG pt_BR
dc.type Working Paper pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account